Lido: Sombras de Reis Barbudos, do José J. Veiga (Companhia das Letras) (1/12 #2022)



Sombras de Reis Barbudos é para mim a melhor obra até agora lida do JJVeiga, sabendo-se do contexto do livro, que foi escrito em plena ditadura militar brasileira, a leitura se torna mais genial ainda, unindo seu realismo fantástico com todo um ambiente político e social daquele momento.

Começo o ano de 2022 fechando a leitura de um livro simplesmente genial: Sombras de Reis Barbudos, escrito pelo goiano José J. Veiga, é uma das obras mais bem pensadas que já li, de verdade. O livro em si habita no universo do realismo fantástico já conhecido das obras do JJ, o que é super interessante, porque ao mesmo tempo que é uma leitura rápida, direta, você na cabeça do personagem e tudo transcorrendo como se fosse a coisa mais natural do mundo (lembra bastante os livros do J.D. Salinger, que inclusive os nomes, com iniciais, parece bastante não é?), também começam a ocorrer situações inimagináveis: um monte de muros aparecem no meio da cidade, urubus começam a entrar nas casas das pessoas, etc.

Só que o desenrolar é kafkaniano (esse sim, um autor que foi inspiração pro JJ), ou seja, de repente tudo muda, as pessoas duvidam do que aconteceu ou simplesmente parece que não aconteceu. Tudo conduzido com maestria na cabeça do personagem principal, o Lucas, que vai narrando aquilo com uma certa inocência, mas com convicção.

O resto é história, você tem que ler para imergir na escrita e acredito que vai gostar bastante.

Para mim foi uma ótima forma de começar 2022. Um livro que até parece atual para os dias de hoje, onde parece que é preciso confirmar duas vezes sempre o que é verdade e o que é fantasia.

Nota

Eu sempre gosto de dar notas baseado na emoção de terminar o livro, então quase sempre é baseado no momento atual do que numa régua certinha de mensuração de qualidade de tudo que já li. Então para esse aqui é 5. Genial a parte do mágico, e como o contexto histórico está presente no livro.

Livro: Sombras de Reis Barbudos 
Autor: José J. Veiga
Terminei em: 01/01/2020 16:00h
Nota (até 5): 5




Nenhum comentário:

Postar um comentário